•  

     

    MISSÃO

    Unificar a região do ABC através da música e colaborar com a cultura, educação, cidadania e inclusão de crianças e jovens de comunidades socialmente vulneráveis através da inclusão e cidadania, dando a elas mais oportunidades e perspectivas de vida.

  • A OPA

    Inclusão - Educação - Cidadania - Cultura

    Onde tudo começou

    A SEMENTE

    Em 2012 na região conhecida como CRACOLÂNDIA a Polícia Militar do Estado de São Paulo juntamente com a Prefeitura de São Paulo iniciaram várias ações na região onde o tráfico e consumo de drogas se expandia muito, dentre elas uma ação social com as crianças moradoras da região na qual tive o prazer em participar:

    Através da música e utilizando instrumentos de percussão, pude conviver durante um mês com essas crianças. Esse período me causou muita comoção, a partir dessa experiência senti que poderia fazer algo e colaborar com a educação dos JOVENS DO AMANHÃ.

    De um sentimento, surgiu uma idéia, um projeto e uma realização, o projeto OPA.

    Orquestra Pública do ABC

    ALÉM DA MÚSICA

    Criada em 24 de janeiro de 2019 por Júlio Cesar Versolato. Integrante do projeto Orquestrando SP e Orquestrando o Brasil do Maestro João Carlos Martins, a OPA era Orquestra Versolato, criada em 1994. A mudança do nome para OPA representava um sonho:

    Unificar a região do ABC através da música e colaborar com a educação de crianças e jovens de comunidades socialmente vulneráveis através da inclusão e cidadania, dando a elas mais oportunidades e perspectivas de vida.

    Depois de muito trabalho e com o apoio do Maestro João Carlos Martins, nasceu a OPA, uma Orquestra diferente cujo nome deixa claro seu propósito junto à região do ABC:

     

    O Sol simboliza a luz, o amor, a paixão, a vitalidade, o conhecimento, a juventude, o fogo, o poder, a realeza, a força, a perfeição, o nascimento, a morte, a ressurreição, a imortalidade.

    Símbolo complexo, o Sol é um elemento presente em muitas crenças, rituais e costumes desde a antiguidade, representando a força vital e o poder cósmico; e, por isso, esse símbolo está presente em muitos mitos da criação do mundo

    Julio Cesar Versolato

    O IDEALIZADOR

    De família de músicos, é formado em música pela Fundação das Artes de São Caetano do Sul, turma de 1980, teve contato com a música aos 10 anos de idade na Banda Mirim do Baeta Neves do Maestro Irineu Negri. Possui vários cursos na área musical: História da Música, Arranjo de música popular, Contraponto, Estética e Extensão em Regência.

    Durante 26 anos foi músico da Banda Sinfônica da Polícia Militar do Estado de São Paulo (trompete, flugelhorn e comunicação social), Trompetista, arranjador, regente, produtor musical e empresário.

    Dedica todo seu tempo à arte da música. Inscrito pela Ordem dos Músicos do Brasil e Sindicato dos Músicos Profissionais do Estado de São Paulo.

     

    Instituições assistidas:

    Centro de Referência do Idoso de São Bernardo do Campo, APAE de Diadema, Fundação Dorina Nowil para cegos em São Paulo, AACD, na sede em São Paulo, Sociedade Fraternitas, Grupo de Ação Social e Grupo Força Viva.

     

    Reconhecimento:

    2005: Troféu Destaque do Ano, Troféu Melhores do Ano da Revista Livre Mercado;

    2009: Diploma da Ordem dos Músicos do Brasil;

    2012: Medalha de Mérito Artístico e Cultural, pela Academia Brasileira de Arte, Cultura e História;

    2013: Medalha de Mérito Artístico e Cultural, pela Academia Brasileira de Arte, Cultura e História, Medalha MMDC, em homenagem aos heróis de 1932;

    2014: Medalha da Associação para Valorização do Policial Militar;

    Homenagem na Câmara Municipal de Santo André, em virtude ao Dia da Maçonaria;

    2015: Homenagem na Câmara Municipal de Santo André, em virtude ao Dia da Maçonaria, Homenagem aos Imigrantes Italianos e seus descendentes na Câmara Municipal de São Bernardo do Campo;

    2018: Troféu Personalidade ABC, da colunista social Idelma Santos, Homenagem na Câmara Municipal de Santo André, em virtude ao Dia da Maçonaria;

    2019: Título Benfeitor da Humanidade, pelo Parlamento Mundial de Segurança e Paz.

    2020: Lider Humano e Humanitário e Capelão Civil na Jethro International Chaplain.

     

    Atualmente

    Diretor Artístico da VPM, Regente e Diretor Artístico da OPA, Trompetista, Presidente e fundador do MICA (Movimento de Integração e Conscientização Artística , Conselheiro da Ordem dos Músicos do Brasil/SP, Diretor Social na Associação para Valorização do Policial de São Paulo, Integrante dos Projetos: Orquestrando SP e Orquestrando o Brasil do Maestro João Carlos Martins.

    Maestro João Carlos Martins

    O INCENTIVADOR

    João Carlos Martins ocupa um lugar ímpar no cenário musical brasileiro, tendo sido considerado um dos maiores interpretes de Bach do século XX pela crítica internacional, do qual registrou a obra completa para teclado.

    Abandonou definitivamente os palcos como pianista no ano de 2002 por problemas físicos.

    Em 2004 iniciou os seus estudos de regência. Apresentou-se com sucesso em Londres, Paris e Bruxelas como regente convidado, imprimindo em suas interpretações a mesma dinâmica que o fez quando pianista.

    Em 2006 idealizou a Fundação Bachiana, cujo tema é a arte e sustentabilidade.

    Em 2013 emocionou o público nova yorquino com os concertos brandeburgueses de J. S. Bach.

    Fundação Bachiana SP - Realiza eventos, cursos, ações educacionais e culturais para adultos, jovens e crianças, abrangendo todas as classes sociais, divulgando, valorizando e democratizando a música .

    Orquestrando o Brasil - Com apoio da Fundação Banco do Brasil e do SESI/SP e FIESP, o portal estabelece um contato diário com os milhares de profissionais e amadores da música que desenvolvem, a duras penas, projetos locais.

    Orquestrando SP - contribuir com o aprimoramento e a formação de novos regentes, democratizando a música erudita nas comunidades mais afastadas dos grandes polos urbanos.

    Orquestra Versolato

    A PRECURSORA

    Fundada por Julio Versolato em 1994, e inspirado em seus familiares músicos italianos de serenatas, o Coral & Orquestra Versolato foi um dos pioneiros nesse ramo do ABC.

    A Orquestra e Coral Versolato, com mais de 27 anos é amplamente reconhecida na região do ABCD e São Paulo, destaca-se por criar experiências musicais memoráveis em casamentos e eventos.

    A Orquestra Versolato é conhecida pela sua forte capacidade de capturar, através da música, o coração e a emoção do público, graças ao mais alto nível de qualidade artística.

    O apoio

    Orquestrando SP

    O APOIO

    Um caminho para a democratização da música erudita

    O Orquestrando São Paulo surge para contribuir com o aprimoramento e a formação de novos regentes, democratizando a música erudita nas comunidades mais afastadas dos grandes polos urbanos.

    Atuando em cidades do interior de São Paulo, o projeto leva capacitação técnica e artística gratuita a músicos que tenham interesse em trabalhar como regentes e agentes de difusão cultural, com o objetivo de promover a criação de orquestras e o desenvolvimento musical da região.

    O apoio

    Orquestrando o Brasil

    O APOIO

    Orquestrando o Brasil é uma plataforma digital que visa disseminar conteúdos, oferecer capacitação para regentes e músicos, além de ser uma ferramenta para a troca de conhecimento.

    Idealizado pelo maestro João Carlos Martins e realizado com apoio da Fundação Banco do Brasil e do SESI/SP e FIESP, o portal estabelece um contato diário com os milhares de profissionais e amadores da música que desenvolvem, a duras penas, projetos locais.

    Incluindo corais, bandas e orquestras, visa construir uma relação permanente e online de suporte e informação, tendo como objetivo principal ajudar estes grupos nas complexas tarefas de organizar uma orquestra e contribuir para que eles aprimorem suas apresentações. A plataforma dá apoio para que, a partir dos recursos humanos e físicos de cada comunidade, os envolvidos possam liderar um movimento de expansão ou consolidação da música local.

    Oferecendo notícias e vídeos de capacitação técnica e artística, além do treinamento necessário para que os regentes e coordenadores se tornem agentes mobilizadores da sociedade, coordenando apoios locais e ampliando o acesso das suas comunidades à cultura, possibilitando também a organização e formação de orquestras infanto-juvenis ou adultas reunindo os conjuntos locais que atuam de forma independente, potencializando o trabalho destes grupos.

    A iniciativa irá apoiar, capacitar e divulgar grupos musicais, como orquestras, bandas e conjuntos de todo país. Esta é a base de ORQUESTRANDO O BRASIL.

  • OFICINAS CULTURAIS - crianças

    A música como ferramenta de cultura,

    educação, inclusão e cidadania

    Inclusão, Educação e Cidadania através da música.

    Através de ações que consigam sensibilizar as crianças e adolescentes em relação a pequenas mudanças de hábitos que poderão transformar toda uma vida.

    Composto por 04 oficinas: Coral Infantil ou flauta doce, Musicalização Infantil, Tertúlia Literária Musical e Cidadania.

    Tem como meta despertar e manifestar no jovem novos caminhos e novas perspectivas através da educação e cidadania.

    Área de atuação: Toda região do ABC (Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra)

    Coral Infantil ou Flauta Doce

    Villa Lobos, organizou, em 1924-25, o “Guia Prático”, contendo 137 canções folclóricas, por ele recolhidas nos interiores do Brasil, e, arranjadas, para serem cantadas nas escolas como iniciação musical”. Ele escreveu... Músicas para instrumento solo e piano, para piano, para coral infantil e adulto, orquestra, música com sons de cantos dos índios, de trem, de pássaros, da floresta toda. Mas o que ele gostava mesmo era de escrever para as crianças!” Nosso projeto trabalhará com as Cantigas de Roda, em forma de musicalização, na flauta doce e no coral infantil.

    Musicalização Infantil

    DESENVOLVIMENTO

    Sabemos que é muito importante para o desenvolvimento do ser humano, a música na Educação Infantil, atuando sobre os aspectos cognitivo, social, afetivo e motor da criança. Para tanto, buscou-se verificar a importância da música na Educação Infantil e identificar as dificuldades existentes para a aplicação da mesma. Também, verificou-se que a música é de grande importância no processo de ensino-aprendizagem e que os professores são os mediadores desse método. Em muitos casos a relação com a música se inicia no ventre da mãe e segue no decorrer da sua infância. As músicas são usadas nas brincadeiras infantis, como forma de expressão, para estabelecer regras, relações sociais, ampliar o círculo de amizades e tradições, assim como desenvolver o conhecimento do nosso folclore, diversão, e aprendizagem.

    UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO - 2006 – Curso de Especialização em Português: Língua e Literatura em nível de Pós Graduação Lato-Sensu FACULDADE DE SÃO BERNARDO 2002 – Curso de Pedagogia – Licenciatura Plena ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL JÚLIO DE MESQUITA -1998 – Curso Técnico em Nutrição e Dietética – Habilitação Profissional Plena EM SBC 	Oficial de Escola: 1999 – 2002 	Professora de Educação Básica – Anos iniciais do Ensino Fundamental: 2003 – 2009 	Professora de Apoio Pedagógico: 2005 – 2009 	Coordenador Pedagógico: 2010 – 2012 	Chefe de Seção – Seção de Valorização do Magistério da Secretaria de Educação: 2013 – 2016 	Coordenador Pedagógico: 2017 até  a presente data DESTAQUES PROFISSIONAIS 	Docência nos anos iniciais do Ensino Fundamental 	Coordenação Pedagógica 	Formação Continuada de Professores 	Planejamento, elaboração, acompanhamento e implementação de Projetos Políticos Pedagógicos 	Acompanhamento de Projetos Institucionais Privados na área de Educação Ambiental: AES Eletropaulo nas Escolas, ECOVIVER e Reciclar é Show 	Acompanhamento de Projetos na área de Educação para as questões etnicorraciais 	Palestras com as seguintes temáticas: Literatura – Alfabetização – Apoio à Aprendizagem

    Tertúlia Literária Musical

    VALORES

    Trata-se de uma prática que tem como princípio o diálogo em torno da leitura de clássicos da literatura universal e/ou da audição de peças de músicas clássicas, que contribuam para a reflexão crítica sobre aspectos centrais da nossa sociedade.

    Ler coletivamente livros/textos clássicos da literatura universal. Ouvir coletivamente peças de músicas clássicas. Formar repertório literário e musical que possibilitem escolhas futuras para “consumo” e apreciação. Refletir sobre alguns aspectos que permeiam as relações sociais, promovendo valores como a convivência, respeito, empatia e solidariedade..

    Cidadania

    DIREITOS E DEVERES

    Tem como meta despertar e manifestar no jovem novos caminhos e novas perspectivas através da educação e cidadania.

    Meio ambiente;

    Zeladoria pública;

    Trabalho em equipe;

    Hierarquia;

    Sustentabilidade;

    Cultura Digital; e

    Noções de Educação Financeira e Empreendedorismo

     

    Símbolos Nacionais:

    Bandeira Nacional, Hino Nacional, Brasão da República, Selo Nacional.

    A importância dos Hinos na construção de uma pátria

    Hinos Pátrios, das Forças Armadas e da Cidade.

  • OFICINAS CULTURAIS

    Adolescentes e Adultos

    A música como ferramenta de cultura, educação, inclusão e cidadania

    PRATICA DE ORQUESTRA

    Para músicos em nível intermediário

    Oportunidade dos alunos participarem de uma orquestra, tendo a pratica de conjunto e conhecimento do funcionamento da orquestra;

    Aulas e palestras sobre música e o universo musical: Apreciação Musical, Análise da música, O que é uma Orquestra, Chefes de Naipe, As vozes na Orquestra, A função do Maestro, do Spalla, Escolha de repertório, A afinação na Orquestra, A OMB, O SindMusSP, Secretarias de Cultura;

    Por se tratar de um projeto social, educacional e de cidadania a participação do músico é voluntaria.

    Multiplicar a ideia da música como veiculo de educação, cultura e cidadania, e não ser vista somente como entretenimento e lazer;

     

    INSTRUMENTOS: Violino; Viola; Violoncelo; Contrabaixo; Flauta; Clarinete; Oboé; Fagote; Saxofone; Trompa; Trombone; Trompete; Tuba; Pianista (teclado); Guitarra; Violão; Percussionistas; Vozes.
     

    DOS ENSAIOS: Aos sábados (quinzenalmente) das 09:00 hs às 12:00 hs..
    REQUISITOS: Ler partitura, envio de gravação tocando uma peça de livre escolha (máximo 01 minuto.envio após a inscrição) ou parecer da sua escola de música, do professor ou da sua Igreja),

     

    INSCRIÇÕES (CLIQUE AQUI)

    Devanir Barbosa, natural de São Bernardo do Campo (SP), se graduou bacharel em música com habilitação em canto lírico pela Faculdade de Artes Alcântara Machado (FAAM), em 2012, quando estudou com Carmo Barbosa, Vânia Pajares e Paulo Menegon. Após este período, esteve sob a orientação da soprano Celine Imbert, Vitor Philomeno, Marcelo Ferreira e  Jeller Felipe. Como tenor lírico, cantou o Spirit e o First Sailor na ópera Dido and Aeneas de Henry Purcell e Le Remendado na ópera Carmen de Georges Bizet. Atuou também como solista, coralista, diretor musical e regente em diversos coros, assim como em várias produções musicais, tendo também desenvolvido trabalhos como ator, preparador vocal e compositor desde 2013, possuindo ampla experiência em teatro musical, shows, festas e casamentos. Atualmente está concluindo sua segunda graduação, em pedagogia com foco em educação musical e sua pós graduação em arte educação.

    CANTO ORFEÔNICO

    Público Alvo: Adolescentes, Adultos e Idosos com ou sem experiência em música, porém, com ímpeto para aprender.

    Canto em Coral:

    Canto coral ou orfeão (do francês orphéon) é o nome dado ao conjunto de atividades ligadas a um coro ou a uma capela. Ainda que afeito à música, o canto coral vai além das questões musicais e converte-se numa atividade que envolve a sociologia, a musicoterapia, psicologia, a antropologia, a fonoaudiologia e outras ciências afins.

    Objetivos:
    Compreender o funcionamento da música em conjunto, percebendo e respeitando o músico ao seu lado e o som do grupo em geral. Prestando atenção ao regente e seguindo seu direcionamento durante a música;

    Trabalhar a própria voz como instrumento, com atenção para afinação durante a abertura de vozes ou uníssono, melhorando assim o seu ouvido musical;

    Iniciar o contato com partituras musicais, relacionando as notas musicais ao som executado.

    Cantar, afinadamente, músicas em uníssono, cânones e aberturas de 2, 3 ou 4 vozes;

     

    INSCRIÇÕES (CLIQUE AQUI)

     

    Organize um grupo em sua empresa ou Instituição e tenha pratica coral com nosso professor. SAIBA MAIS

    Formação reduzida para escolas

    CONCERTOS COM A OPA

    Além de oferecer música de qualidade você colabora para a manutenção dos nossos projetos.

    NAS ESCOLAS

     

    NAS EMPRESAS

     

    NA SUA CIDADE

     

  • EMPRESA AMIGA DA CRIANÇA

    GENTE QUE FAZ ACONTECER

    Empresas, artistas, amigos e amigas que colaboram com a educação de crianças e jovens de comunidades socialmente vulneráveis através da cultura, educação, inclusão e cidadania, dando a elas mais oportunidades e perspectivas de vida.

    Versolato Projetos Musicais

    SELO OURO

    Versolato, música com estilo

    Napoleão Buffet

    SELO PRATA

    Napoleão Buffet

    Nix Eventos

    SELO BRONZE

    Nix Eventos

    Orquestrando o Brasil

    SELO ESPECIAL

    Maestro João Carlos Martins

    Misael Ferrera

    SELO ESPECIAL

    Misael Ferreira

    Cantor Russo

    SELO ESPECIAL

    Pastor e Cantor Russo

    Mestre Robson Miguel

    SELO ESPECIAL

    Mestre Robson Miguel

    OAB Sub Seç SBC

    SELO

    APOIO INSTITUCIONAL

    OAB SBC

    OMB SP

    SELO

    APOIO INSTITUCIONAL

    OMB SP

    Musical Pitondo

    SELO

    APOIO INSTITUCIONAL

    Musical Pitondo

    Grupo da Terceira Idade Força Viva

    SELO

    ENTIDADE PARCEIRA

    Grupo Força Viva

    Grupo Ação Social

    SELO

    ENTIDADE PARCEIRA

    Grupo de Ações Sociais

    Grupo da Terceira Idade Força Viva

    SELO

    ENTIDADE PARCEIRA

    Grupo Força Viva

  • NOTÍCIAS

    Acompanhe nossas ações

    June 18, 2019
    Clique nos links abaixo e fique por dentro das nossas ações
    June 26, 2018
  • CONTATO

    Conheça a OPA

    (11) 976139965

    Telefone

    Envie um email
    Email
    Envie uma mensagem

    Whatsapp

    Assista aos nossos vídeos

    You Tube

    Curta nossa página do FB

    Facebook

    Aonde estamos

    Endereço

    Junte-se a nós !

    Junte-se a nós

  • JOVENS DO AMANHÃ

    1. Preparar a criança
    2. Conscientizar o adolescente
    3. Formar o adulto

    Do Oiapoque ao Chuí, de Ponta de Seixas a Nascente do Rio Moá, segundo o IBGE o Brasil possui:

    26.718.830 matrículas no ensino fundamental [2020]

    1.378.830 docentes no ensino fundamental [2020]

    Um país com dimensões continentais, precisa contar com pessoas que consigam sensibilizar as crianças e adolescentes em relação a pequenas mudanças de hábitos que poderão transformar toda uma vida.

    Um Projeto complexo que irá envolver toda a sociedade.

     

    Síntese:

    Educando através da música.

    Uma Orquestra com 25 músicos em uma apresentação diferente de tudo que você já viu.

    Intervenções de atores abordando temas como: Emoções, sensações e decisões.

    Estimular a criança ao trabalho em equipe, cidadania, sustentabilidade e sua importância no grupo social.

    Brincadeiras sobre o uso indevido do celular.

    Tirar a criança do seu ambiente de casa, bairro e escola, levando-a a assistir a um concerto musical com uma Orquestra de verdade.

     

    Objetivos:

    Proporcionar aos alunos da rede pública oportunidade de assistirem a um musical com temas de interesse social e linguagem adaptada a faixa etária proposta;

    Despertar o interesse de aprendizado em música e nos temas abordados, preparando o jovem para a adolescência.

     

    Justificativa:

    Através de pesquisas realizadas no ano de 2018 e 2019, com professores da rede pública do ensino fundamental e projetos sociais em comunidades do ABC Paulista (minha região), notamos os seguintes problemas:

    1) Dificuldade da criança entender sobre a HIERARQUIA na sala de aula e da posição do Professor(a), funcionarios e alunos;

    2) Falta total de conhecimento sobre nossos SÍMBOLOS NACIONAIS e o Hino da cidade;

    3) Falta de entendimento sobre cidadania, sustentabilidade, zeladoria entre outros;

    4) Dificuldade no desenvolvimento do trabalho em equipe;

    5) Sem foco em uma Cultura forte na formação do caráter da criança, levando-as a fase da adolescência sem perspectivas de vida.

     

    Conscientização:

    1) Integrar e conscientizar toda a sociedade sobre a importância do ensino fundamental;

    2) Desenvolver na criança a consciência de cidadania, sustentabilidade e responsabilidade social.

    3) Melhorar a qualidade de vida da população;

    4) Colaborar na prevenção da violência;

    5) Fortalecer a inserção da criança na sociedade.

     

    Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Brasil:

    A ONU e seus parceiros no Brasil estão trabalhando para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. São 17 objetivos ambiciosos e interconectados que abordam os principais desafios de desenvolvimento enfrentados por pessoas no Brasil e no mundo.

    Objetivo 1. Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares;

    Objetivo 3. Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades

    Objetivo 4. Assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos;

    Objetivo 10. Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles.

  • O CONCERTO

    Concerto com duração aproximada de 01:30 hs, divididos em 04 partes.

     

    1ª) Símbolos Nacionais

    Noções de civismo: Com a execução do Hino Nacional Brasileiro e o Hino da cidade, após um bate papo bem informal e coloquial para que as crianças entendam o que é o HNB e para que serve.

     

    2ª parte) Respeitar o Professor(a)

    Uma comparação entre a Orquestra e uma sala de aula, aonde será mostrado de uma forma musical por cada instrumento e som, mostrando a importância do trabalho em equipe. e respeito
     

    3ª Parte) Cidadania e Sustentabilidade

    Em um clima bem leve e descontraído serão executadas músicas com intervenções dos atores falando sobre cidadania e sustentabilidade de uma forma acessível ao público infantil.
     

    4ª Parte) Vínculos Sociais e Cultura Digital

    Durante a apresentação da Orquestra com uma peça simples e didática, os alunos poderão fazer um passeio "dentro" da Orquestra sentindo a emoção e ouvindo os sons bem de perto.além de brincadeiras com celular.
     
     

    Mais detalhes?

    Solicite

    Logística, valores, parcerias e leis.

    Entre em contato clicando aqui

     

    Todos os Posts
    ×